Eloqüência disparatada


Coração escancarado

Sinto em ti
Aquele amor
Que é mais do que a aparência
Mais do que a vivacidade
De um abraço desejado
Aquele amor
Que é mais do que o olhar
O olhar liquefeito dos teus olhos
Que é mais do que uma pele
Eriçada
Do que um sorriso
Que transborda

Aquele amor
Que jamais é menos
Do que o Tudo
Aquele amor
Que somente pode doar
Quem não possui nada

Aquele amor que é
Tudo isso... e
Tudo isto:
Um coração escancarado

 

Tatiane Gorska



Escrito por Tatiane Gorska às 22h41
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Aurora

Vagarosamente
Como quem toca
E admite
O que é seu
Como quem perde a vida
Para nascer de novo
Morosamente
Como quem deixa
O velho vestuário
Como quem
Estende as mãos
Demoradamente
Como quem se permite
Impressionar
Na beleza

Sussurro-te
Pausadamente

Impetuosamente


“Podes amar-me”

 

Tatiane Gorska



Escrito por Tatiane Gorska às 15h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

Eu

Necessito que me reveles:
O que és
O que percebes
O que desejas...
Necessito que abras esses olhos
Sem inquietação!
Para que eu me (re)encontre
Neles...

Deixa-me contemplar-te demoradamente
Deixa-me olhar-te, quando sequer tu...
Sequer tu te enxergas
Deixa-me escutar-te
E, por obséquio...
Deixa-me amar-te

Necessito de ti

Da tua vida,
Na minha vida
Do teu sorriso,
Na minha felicidade
Do teu sentir,
No meu sofrimento

Necessito de ti
Deste modo, tal e qual...

Necessito de ti...
E com este vigor,
Porque sem ti...
Não entendes?!
Sem ti... não posso falar:
Eu.

 

Tatiane Gorska



Escrito por Tatiane Gorska às 22h36
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, VILA SONIA, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, French, Livros, Música, Poesia
MSN - tati_russa@hotmail.com
Histórico
Outros sites
  Academia Poçoense de Letras e Artes
  A garganta da serpente
  Incautos do Ontem
Votação
  Dê uma nota para meu blog